Saiba a importância da Segurança da Informação nos dias atuais

em: 30 de agosto de 2011

segurança da informação
Recentemente eu fiz pela primeira fez uma prova para a Petrobrás, para a área da informática. Entre todas as questões que caíram nessa prova, percebi que grande parte das questões estavam relacionadas a Segurança da Informação. É claro, eles fizeram isso para testar os conhecimentos do candidato e saber se ele tem algum conhecimento em relação a forma de como lidar com a manipulação de seus dados pessoais (ou da empresa que trabalha)  na internet.

A postagem de hoje é dedicada aqueles que são usuários iniciantes e não possuem certo conhecimento do perigo que podem estar correndo ao compartilhar certos dados. Claro que os usuários mais experientes são bem-vindos, além do mais eu estou contando com a participação de vocês.

A segurança da informação é aquele velho conceito por trás da defesa dos dados, detalhes e afins para assegurar que somente pessoas autorizadas ou pessoas às quais foram enviadas tenham acesso a essa determinada informação. Vamos a um exemplo prático: Imagine uma grande corporação multinacional, que por sinal está desenvolvendo um projeto. É natural e saudável que esses dados e informações sejam sigilosos, mas sempre existe o risco de uma ou outra informação vazar.

Essas informações que de uma forma ou outra vão parar em mãos erradas podem prejudicar e muito uma empresa, ainda mais se essa informação cair nas mãos de uma empresa concorrente.

Em uma empresa, a segurança da informação tem a ver com um conjunto de políticas, processos e métodos que devem ser empregados para que a manipulação, o transporte e o armazenamento de dados e informações seja segura e controlada, evitando que pessoas indesejadas façam uso ou tenham acesso a essa informação.


Antigamente a questão da segurança da informação era mais simples, pois determinados dados e informações podiam ser trancados fisicamente, porém, com o avanço inevitável da tecnologia e da comunicação, tudo ficou mais complexo. Sim, os avanços tecnológicos nos proporcionam muitos benefícios, mas também muitas dores de cabeça. Consequentemente, essa evolução compromete a segurança das pessoas. Hoje a maioria dos computadores estão conectados a internet, além disso sabemos que dados em formato digital são portáteis, o que é um prato cheio para os ladrões.

A exemplo disso, somente para refrescar a memória de vocês, temos a PlayStation Network (PSN) que foi invadida por um grupo de hackers em abril desse ano e como vocês souberam, esse ataque resultou no roubo de várias informações de usuários cadastrados na PSN.


Então para finalizar, eu quero pedir para que os usuários reflitam um pouco sobre a quantidade de informações a seu respeito que podem estar na internet. Essas informações podem estar há apenas um clique de distância, basta buscar no Google.  Além disso, pense duas vezes antes de sair comprando produtos através da internet, procure fazer pesquisas sobre as melhores lojas de e-commerce. Lembre também que é muito importante você ter cuidado ao acessar seus dados bancários. Falando nisso, só mais uma curiosidade: de acordo com uma pesquisa feita em abril desse ano, pela Eset, o Brasil lidera em golpes para roubo de dados bancários na América Latina. Por isso preste atenção ao acessar o site de um banco. Verifique se na barra de endereços aparece a sigla HTTPS (exemplo: https://www.sitedobanco.com), que indica que a conexão com a página utiliza protocolo de segurança.

Vocês sabem que são bem-vindos para dar suas opiniões sobre o que acharam da postagem. Aproveite também, se quiser, para comentar dando uma dica de como evitar que seus dados sejam usados por terceiros (pessoas indesejadas) e as precauções que devemos tomar.

Imagens: TecMundo

Guilherme Vital

Um cara que ama tecnologia, design e futebol. Gosta de aprender coisas novas e nas horas vagas escreve sobre tecnologia aqui e no Nós Geeks.